2ª fase do projeto DNA Fisco Paulista começa em maio

Primeiras imagens do retrato atual dos AFRs foram construídas após pesquisas de opinião com a classe política e da Indústria e comércio

Previsto para a primeira quinzena de maio, um questionário online (baseado nas premissas colhidas na fase 1) será direcionado para um grupo de mais de 730 fiscais de rendas, selecionados de acordo com a função, concurso e região de atuação, garantindo alta margem de representatividade.

A participação voluntária será de fundamental importância para direcionar os próximos passos e garantir influência nos desdobramentos das próximas etapas, estas sim responsáveis por definir os propósitos mais humanos da marca.

Os resultados preliminares da primeira etapa do projeto foram apresentados nesta quinta-feira (27/4) à diretoria do Sinafresp, diretoria da Fazesp, representantes do DTI, DPG, CAT, DEAT

e Afresp. A partir de agora, o DNA Fisco Paulista entra em uma fase decisiva, responsável por direcionar e chancelar os principais nortes que orientarão os propósitos da carreira.

A primeira fase contou com a participação de um grupo amostral com 40 integrantes com grau de relevância em suas atividades e pluralidade de visões, entre fiscais de rendas, poder público e setor de comércio. Essas entrevistas fundamentaram o questionário da segunda etapa com a tabulação das informações para a pesquisa quantitativa.