Folha de S.Paulo pauta alteração do valor das desonerações fiscais do Estado exigida pelo TCE

Sinafresp contribuiu com o processo de apuração de dados para a reportagem

A edição de hoje (11) da Folha de S.Paulo (Mercado, A 18) traz uma matéria sobre a alteração no cálculo do montante das desonerações fiscais concedidas por São Paulo, conforme determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Em sua análise, o TCE havia apontado que o governo deixou de incluir itens que não apareciam nos demonstrativos.

Conforme a reportagem apontou, o Estado não dizia quanto daria de benefício fiscal a empresas devedoras nem de créditos presumidos e outorgados de ICMS, uma espécie de desconto do montante a pagar para empresas de setores que o governo deseja incentivar.

Com o acréscimo de mais R$ 5 bilhões, o total do montante que o Estado abrirá mão de arrecadar chega a R$ 20,5 bilhões.

Em abril, durante reunião com um jornalista da Folha, o Sinafresp sugeriu alguns temas de reportagens para o jornal relacionados à área de atuação dos agentes fiscais de renda de São Paulo, entre eles, a análise feita pelo TCE das desonerações fiscais do Estado. O sindicato também contribuiu para a apuração de dados.

A articulação com a imprensa é uma estratégia constante do Sinafresp pelo fortalecimento da entidade e valorização da categoria perante a sociedade.  

Leia aqui a reportagem completa