Força-tarefa “Manus Lux” é pautada pela imprensa

Ação do Fisco Paulista mira contribuintes que possuem débitos tributários com o Estado

Com o objetivo de obter cada vez mais resultados na recuperação de receitas para o Estado de São Paulo, o Fisco Paulista deflagrou a “Manus Lux”, ação que será desenvolvida nos próximos meses.

Em mais uma parceria para difundir o trabalho dos agentes fiscais de rendas e promover sua valorização, o Sinafresp e a Secretaria da Fazenda estão trabalhando juntos para divulgar essa força-tarefa para a sociedade por meio da imprensa.

Um dos veículos de comunicação que pautou a operação é o jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba. A reportagem publicada hoje (26) destacou que já foram identificados ilícitos tributários em oito empresas da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), com dívidas no valor de R$ 55,2 milhões, constituindo 25% do total do valor investigado. A matéria traz entrevistas com a diretora-executiva adjunta da Administração Tributária, Daniela Nunes, e com o vice-presidente do Sinafresp, Glauco Honório.

Confira aqui a reportagem completa do Cruzeiro do Sul.

Outros periódicos que pautaram o tema são o Jornal da Cidade, de Bauru, a Folha Metropolitana, de Guarulhos, a Folha da Cidade, de Araraquara, e o Tribunal Liberal, da região de Nova Odessa.

Mãos leves

O nome dessa força-tarefa (mãos leves) remete a contribuintes que deveriam fazer o recolhimento como Substituto Tributário (ST) do ICMS, mas não o fazem e repassam a cobrança desse tributo para os consumidores no preço das mercadorias e serviços comercializados.

Essas empresas com débitos inscritos e não inscritos em dívida ativa estão sendo convocadas pelo Fisco Paulista, sendo que elas deverão apresentar um plano para quitá-los. No caso de não pagarem as dívidas, será feita representação para fins penais junto ao Ministério Público.