Operação Tanque Seco do Fisco paulista é pautada hoje pela imprensa

TV Globo acompanhou ações em postos da capital durante a manhã e exibirá reportagem no SPTV 2

Hoje (10), em todo o Estado, agentes fiscais de rendas trabalham na operação Tanque Seco, que investiga indícios de comercialização de combustível sem origem comprovada.

A TV Globo acompanhou a operação em postos da capital, e os colegas podem assistir à reportagem completa no SPTV segunda edição, a partir das 19h10. Outros veículos de comunicação também entraram em contato com a Sefaz e o Sinafresp e deverão realizar matérias sobre a operação. O sindicato irá divulgar todas posteriormente.

Em maio, a paralisação dos caminhoneiros praticamente esgotou os estoques de combustíveis nos postos. Considerando a ausência de estoques nesses varejistas ao final da greve e a normalização do fornecimento de combustíveis pelas distribuidoras a partir do início de junho, foi realizado um levantamento do volume de combustível movimentado através do cruzamento de dados de documentos fiscais eletrônicos recebidos e emitidos pelos varejistas no período.

Os postos alvos da operação apresentaram baixos volumes de aquisição de combustíveis e diferença relevante entre os volumes de entrada e saída, configurando indícios de irregularidade, como aquisição de mercadorias não acobertadas por documentos fiscais, furtadas, roubadas, fora de especificação ou prática de fraude volumétrica na revenda de combustíveis, e terão as inscrições preventivamente suspensas pela Sefaz.

No total, 168 agentes fiscais cumprem mandados em postos de todas as regiões.

Os indícios de fraude apontam para uma diferença de cerca de 6 milhões de litros de combustível comercializado pelos postos revendedores em junho.

Os estabelecimentos poderão ser objeto de um Procedimento Administrativo de Cassação de maneira a impedir em definitivo seu funcionamento.

A primeira edição do SPTV já divulgou uma nota sobre o tema. Assista ao video:

 

Com informações da assessoria de comunicação da Sefaz.