Pobre Paga Mais 2.0 já está no AR!

Confira o novo site www.pobrepagamais.com.br e o canal exclusivo no YouTube. Comentem e compartilhem para aumentar o nível de informação e engajamento das peças!    

Durante todo o mês de dezembro, acompanhando o aumento das atividades de consumo no país e as pautas de Imprensa sobre o tema, a campanha Pobre Paga Mais já está a todo o vapor.

O foco dessa edição da campanha (saiba mais na matéria divulgada dia 22.11) será a comparação das altas cargas de impostos sobre o consumo (indiretos e regressivos) enquanto a lógica é outra para grandes riquezas e patrimônios. No estado de São Paulo roupas ou até mesmo refeições fora de casa, são tributados em alíquotas que podem variar de 12 a 18%, enquanto a tributação em grandes heranças é fixa, de apenas 4%. Haverá também uma peça complementar e de maior apelo popular, relaciona à alta tributação dos serviços de internet banda larga.

 Mix de Mídia: Mais de 60 outdoors em 19 cidades do estado de São Paulo, além de spots de rádio de 30 segundos e uma campanha digital de AdWords com dois motions graphics. O site www.pobrepagamais.com.br também foi reformulado e terá novas informações e memes compartilháveis com dados complementares sobre as desigualdades geradas pela falta de equilíbrio tributário.

 Mérito em Ativismo Social: Lançada em agosto de 2016 a campanha PPM gerou grande repercussão, fomentando importantes debates na imprensa tradicional, além de ser reconhecido por seu mérito em ativismo social pela Public Services Internacional (PSI), entidade que representa 20 milhões de trabalhadores no mundo em 154 países.