Pobre Paga Mais é destaque pela segunda vez em evento da Federação Internacional de Serviços Públicos

Reconhecida como case de sucesso pela instituição, campanha foi apresentada em encontro sobre justiça fiscal com líderes sindicais

O Sinafresp foi convidado pela segunda vez para participar de um encontro promovido pela Federação Internacional de Serviços Públicos nesta quarta-feira (12) em razão da grande contribuição da campanha Pobre Paga Mais à população paulista.

O evento, realizado no auditório da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, em São Paulo, contou com a participação do diretor de comunicação, Leandro Ferro, na mesa de debates, juntamente com a presidente da UNI, que representa mais de 3 milhōes de trabalhadores de 237 sindicatos do setor financeiro no mundo, Rita Berlota, a presidente da Confetam – Confederação dos trabalhadores no serviço público municipal, Vilani Oliveira, e o Secretário Regional para Interamérica da Federação Internacional de Serviços Públicos, Jocelio Drummond, que liderou as atividades.

Em sua apresentação, Leandro apresentou e ressaltou o importante papel dos Fiscais de Rendas, explicou brevemente a atuação do Sinafresp e expôs a campanha Pobre Paga Mais aos participantes, mostrando a estratégia adotada, o plano de mídia, o mix de marketing e os resultados da ação.

“A campanha, que chamou a atenção para as injustiças tributárias que ocorrem no governo Alckmin, teve grande aceitação da imprensa e repercutiu em inúmeros veículos de comunicação, não só no estado de São Paulo como em diversos outros, proporcionando abrangência nacional à iniciativa do Fisco Paulista”, explicou.

Além de esclarecer a proposta da campanha Pobre Paga Mais, o diretor de comunicação também apresentou o vídeo elaborado pelo Sinafresp denunciando os benefícios fiscais aos frigoríficos, assunto que também foi debatido pelos demais participantes.

“O exemplo do Sinafresp é um exemplo extraordinário de como os sindicatos podem ajudar a resolver problemas que afetam toda a população. O caso do subsídio aos frigoríficos era um escândalo e se o Sinafresp não tivesse denunciado as pessoas não iriam ter conhecimento”, destacou Jocelio.

Entre os participantes, além de representantes sindicais de diversos locais do Brasil, estiveram presentes colegas da Secretaria da Fazenda, como o AFR da externa, Francisco de Barros, de Jundiaí, e o Técnico da Fazenda, Mauro de Campos.

Sobre a PSI
Federação Internacional de Serviços Públicos

A PSI (Public Internacional Services) é uma federação sindical mundial que representa 20 milhões de trabalhadoras e trabalhadores que prestam serviços públicos essenciais em 154 países. A ISP defende os direitos humanos, promove a justiça social e o acesso universal aos serviços públicos de qualidade. A ISP trabalha com o sistema das Nações Unidas e em colaboração com entidades da sociedade civil, sindicatos e outras organizações.

 

12042017-Pobre Paga Mais (47)

12042017-Pobre Paga Mais (58)

12042017-Pobre Paga Mais (119)

 

Certificado de Reconhecimento

A ação do Sinafresp com a “Campanha Pobre Paga Mais” foi oficialmente reconhecida pela Federação  Internacional de Serviços Publicos (ISP) pela relevância da campanha encampada pelo Fisco Paulista em prol da justiça social e como case de sucesso em todo o país com repercussão internacional.

 

0001