Sefaz muda discurso sobre campanha Pobre Paga Mais

Confira na matéria publicada no Diário do Grande ABC

Em matéria de meia página, com destaque de capa, o veículo de maior circulação na região do ABC publicou ontem (21) sobre a campanha Pobre Paga Mais.

Como porta-voz, o diretor de assuntos intersindicais e formação sindical, Aron Rodrigues, esclareceu a ação, apresentou exemplos do desequilíbrio das alíquotas no Estado e como isso impacta a sociedade.

A Secretaria da Fazenda, por sua vez, mudou o seu discurso. A entrevista com Luís Cláudio, coordenador adjunto da CAT, mostrou o posicionamento da instituição. “O Estado está em crise e se abrir mão de mais receita, não consegue prover os recursos públicos que são ainda mais demandados nesse período”.

Nas entrevistas anteriores, a Secretaria informava que os números da campanha apresentavam erros, omissões e imprecisões.

Clique aqui e confira a matéria na íntegra