Segunda etapa do Movimento Viva acontece essa semana em Itapecerica da Serra

Começa segunda etapa do Movimento Viva, organizado pela Afresp em parceria com o Sinafresp, a ação está em sinergia com o DNA Fisco Paulista

O movimento Viva, organizado pela Afresp em parceria com o BID, assim como o projeto DNA Fisco Paulista, buscam debater os desafios do futuro dos AFRs, por meio da revisão de suas atribuições e na busca da ampliação de sua relevância social.

A primeira etapa do Movimento Viva foi composta por sete rodadas regionais que subsidiaram propostas e conceitos sobre tributação com foco no ICMS que serão debatidos e afinados nesta segunda etapa, por meio de workshop preparatório, com duração de quatro dias.

A ideia do ‘Movimento’ é sair da inércia e projetar mudanças para o futuro do fisco por meio da participação de um grupo atuante e conhecedor da área de tributação. A ação está em sintonia com o projeto DNA Fisco Paulista ao debater o resgate dos significados da atividade de todo o fisco.
As atividades do primeiro dia de workshop contaram com a apresentação de Eurico de Santi, professor da FGV e membro do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF).

Também participaram da mesa de abertura do evento o idealizador do Movimento VIVA e Diretor de Assuntos Estratégicos e Comunicação, José Roberto Lobato; o presidente da Afresp, Rodrigo Spada e o presidente do Sinafresp, Alfredo Maranca, além de 30 AFRs escolhidos por seus pares para debater as diretrizes que serão apresentadas no Seminário Internacional Tributo ao Brasil – A Reforma que Queremos.

Nesta quarta feira (3), a programação segue com debates sobre os desafios da tecnologia tributária e na quinta-feira (4) abordará aspectos fundamentais sobre o IVA Europeu.

Clique aqui e confira a programação.