Sinafresp elabora análise técnica sobre renúncia fiscal e despesas com dívida do Governo de São Paulo

O objetivo desse estudo, desenvolvido pela diretoria do sindicato, foi oferecer subsídios aos deputados para discutir a reforma da Previdência

Os diretores do Sindicato dos Agentes Fiscais de Rendas de São Paulo (Sinafresp) desenvolveram um estudo  sobre as renúncias fiscais e a dívida pública do Estado que foi encaminhado aos deputados da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

Com essa análise, o objetivo do sindicato é oferecer aos deputados subsídios para combaterem os argumentos do governador João Doria de que o Estado necessita da economia que a reforma da Previdência viria proporcionar para as contas públicas. 

O relatório do Sinafresp mostra que um dos caminhos seria a revisão de políticas de renúncia tributária, preservando assim o funcionalismo e, consequentemente, evitando o colapso de serviços essenciais prestados à população.

O documento foi enviado ontem (2) aos deputados da Alesp por e-mail. Confira aqui o teor da análise feita pelo sindicato.