Ação judicial contra o secretário da Fazenda e seu preposto ganha destaque na imprensa

A ação judicial impetrada pelo Sinafresp na tarde da última sexta-feira (15) foi pauta do segundo maior jornal do país: O Estado de S. Paulo, em espaço nobre do veículo.

O jornal divulgou com destaque o objeto da ação judicial com parte das alegações do Sinafresp. Nesta ação o sindicato denuncia um cargo ocupado possivelmente à margem da lei por Rodrigo Gouvêa, como chefe de gabinete do atual secretário da Fazenda, Hélcio Tokeshi. Tal função não foi precedida de nomeação no Diário Oficial do estado. Porém, Gouvêa agia em nome do Sefaz tanto no aspecto da gestão quanto nas negociações sindicais com as carreiras fazendárias.

A ação traz vários documentos que comprovam, de forma contundente, o alegado, e pede que Gouvêa seja exonerado da função que ocupa como assessor de presidente da CODESP, além de oficiar o Ministério Público em relação à atitude conveniente do secretário Hélcio Tokeshi de mantê-lo informalmente no cargo, o que se enquadraria em ato improbidade administrativa.

Confira abaixo a matéria: